Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2016

Não à violência!

Estamos a vinte e cinco de novembro e hoje comemora-se um dia extremamente importante, mas cuja existência é desconhecida para muitos de nós. Celebra-se, então, o dia internacional pela eliminação da violência contra as mulheres. Se, por um lado, é uma bênção que este dia seja marcado por todo o mundo, por outro lado, vivemos no século XXI numa sociedade moderna na qual este ato de terror devia causar a repulsa a mais pessoas do que causa – se tal acontecesse, este dia não precisaria de ser celebrado, não pela sua falta de importância, mas porque seria algo tomado como certo por todos e relembrado diariamente.
Todas as semanas (para não dizer mesmo todos os dias) somos confrontados com casos de violência doméstica, de mulheres que são violadas nas ruas, que são discriminadas e maltratadas. E agora chegamos às estatísticas, que não ligam a estratos sociais e económicos, que normalmente é o que choca as pessoas e as chama à realidade. Vamos a isto? Em média, em cada três mulheres, uma…

ACMA - Experiências de Infância

Imagem
Olá, dreamers!
Pelo segundo mês consecutivo trago-vos um post do projeto ACMA, cujo tema de novembro é infância, que é algo que pessoalmente me agrada bastante porque é das melhores fases da nossa vida, durante a qual somos genuinamente e ingenuamente felizes sem se quer nos apercebermos. É tão importante mantermos connosco, para sempre, a nossa criança interior que eu adoro falar sobre a minha infância e é mesmo isso que venho fazer hoje.



Lembro-me vagamente do dia em que parti a cabeça, devia ter quatro ou cinco anos. Em pequena não tinha muitas pessoas da minha idade a viverem perto de mim e com quem eu pudesse brincar diariamente, então acabava por brincar com as amigas da minha irmã e com ela (que eram seis anos mais velhas que eu e que achavam piada ao facto de eu ser mais nova e me usavam quase como uma boneca nas suas mãos). Certo dia, estávamos a brincar no terraço da casa da minha avó e eu, sendo a mais pequena, andava às cavalitas delas e a brincadeira acabou por correr mal, …

45 Lições de Vida

Imagem
Sou uma jovem ainda, tenho consciência de que pouco sei sobre a vida e que ainda há muito para viver e, consequentemente, muito para aprender. Por isso mesmo, quando vi este "texto" algures no Pinterest fiquei extremamente interessada e achei que era engraçado para partilhar convosco, pois são dicas importantes com as quais talvez vocês até se possam identificar.
Sei que é um post menos usual e, talvez, um pouco mais aborrecido, mas, de qualquer das formas, eu espero que vocês gostem.

A vida não é justa mas, ainda assim, é boa.Quando estás em dúvida, apenas toma o próximo pequeno passo.A vida é demasiado curta para gastar tempo a odiar alguém.Não te leves demasiado a sério. Ninguém o faz.Paga os teus cartões de crédito todos os meses.Não tens de ganhar todas as discussões. Concorda em discordar.Chora com alguém. Cura mais do que chorar sozinho.Poupa para a reforma.Quando se trata de chocolate, resistir é inútil.Fica em paz com o teu passado para ele não estragar o teu presen…

"Assalto A Londres" | Review

Imagem
Olá, dreamers!
Na semana que passou, infelizmente, adoeci e tive de ficar dois dias sem ir às aulas, o que me resultou em mais tempo livre do que é normal. Como tal, tive de quase inventar coisas para me distrair e fazer o tempo passar, por isso decidi ver um filme que já estava na lista à algum tempo – Assalto a Londres -, uma vez que já tinha visto o primeiro (Ataque ao Olimpo) e tinha gostado bastante. Como gostei tanto também deste segundo filme, achei que devia fazer uma review para partilhar convosco e vos abrir a curiosidade. Espero que gostem.
Ficha Técnica:
Título:London Has Fallen (Assalto a Londres)
Elenco: Gerard Butler, Morgan Freeman, Charlotte Riley, Angela Basset, Aaron Eckhart, Melissa Leo, Radha Mitchell
Dirigido por: Babak Najafi
Género: Ação, Policial, Thriller
Duração: 99 minutos
Trailer:https://www.youtube.com/watch?v=EMrLrQDeC_M




Sinopse:
«O primeiro-ministro britânico faleceu em circunstâncias misteriosas. A maioria dos Estados ocidentais está representada pelos seus l…

O que me faz deixar de ler um blogue?

Imagem
Olá, dreamers.
Como sabem, não sou uma grande blogger mas há algumas coisas que eu tento fazer ao máximo para não “repelir” as pessoas do meu blogue. Ou seja, há alguns princípios que acho que são fundamentais nós seguirmos ou, por outro lado, há coisas que devemos evitar fazer para que o nosso blogue se torne mais apelativo para aqueles que o lêem ou que o visitam pela primeira vez.

Assim, reuni quatro aspetos que eu acho importantes e que me fazem deixar de ler um blogue e hoje vou partilhá-los convosco. Espero não ofender ninguém e ajudar quem estiver a começar um blogue, uma vez que penso que estas diretrizes são importantes para tal. Vamos a isto?


Uma das coisas que me faz deixar de ler um blogue é o facto da/do blogger ficar muito tempo sem publicar. Por exemplo, se for um blogue que eu já lia regularmente e que, de um momento para o outro, deixou de ter publicações regulares isso faz-me por um pouco em questão se devo continuar a lê-lo ou não. Contudo, se depois de muito tempo …